Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
meuestiloblog28

Como Estamos Nesta Ordem?


A Importância Do comprar seguidores brasileiros Marketing Digital


Lucia Dellagnelo representou a América Latina pela premiação da ONU voltada à utilização de tecnologias na educação; pra ela, Brasil peca pela ausência de incorporação em larga escala da tecnologia nas escolas. A brasileira Lucia Dellagnelo ajudou a escolher dois entre 143 projetos de tecnologia pela educação que foram ganhadores da mais recente edição do Prêmio Unesco, organismo da ONU pra educação e cultura. Doutora e Mestre em Educação na Escola de Harvard, Dellagnelo foi secretária de Desenvolvimento Econômico Sustentável em Santa Catarina de 2013 a 2015 e hoje é diretora-presidente da ONG Centro de Inovação pra Educação Brasileira (Cieb).


Pela premiação da Unesco, ela foi presidente do júri e representante da América Latina. Em entrevista à BBC Brasil em São Paulo, Dellagnelo conta o que viu de mais muito bom, entre tantas propostas universo afora, para tornar a educação mais igualitária, contemporânea e qualificada usando a tecnologia. E opina sobre onde o Brasil vai bem e onde necessita melhorar. BBC Brasil - Quais foram os regulamentos para escolher os projetos premiados em Paris?


BBC Brasil - O que seria esse alongado período? Dellagnelo - Como por exemplo, um dos premiados, o Marrocos, tem uma política baseada nesses 4 pilares há mais de quinze anos. A nação vem gradativamente implementando um plano chamado Genie, que sobreviveu a trocas políticas e de gestão. Se não for a alongado período, é difícil correlacionar o uso de tecnologia com o embate pela particularidade.


Não é pelo caso de usar um aplicativo ou uma plataforma adaptativa num ano que no seguinte serão vistas melhorias. BBC Brasil - O projeto da Índia bem como tinha esse perfil? Dellagnelo - A Índia tem um defeito muito sério: a evasão no que seriam os nossos fundamental dois e ensino médio. Um Majestoso Desigual de videoaulas à distância, e usando uma parceria com a (universidade americana) MIT no desenvolvimento de tecnologia e laboratórios virtuais, conseguiram baixar o índice de evasão de adolescentes oferecendo um conteúdo de muita característica. O projeto, chamado CLIx, é de um instituto, em parceria com governos locais. BBC Brasil - O prêmio valorizou a inovação assim como?



  1. Mais com menos zoom_out_map

  2. dez meses atrás Hiperlink eterno

  3. cinco » Seja visual - Tente recrutar o lado lógico e o lado criativo do cérebro

  4. Chef zoom_out_map

  5. 6 - Atividades-chave



Videoaulas são usadas prontamente há um tempo em outros lugares. Dellagnelo - A atividade maior do prêmio é oferecer visibilidade a projetos que estão acontecendo e notabilizar que, às vezes, uma tecnologia talvez não seja uma amplo inovação num estado e ser em outro. Para uma população isolada, que não tem nem ao menos claridade elétrica, que necessita usar gerador para acessar a internet, o impacto da videoaula é muito diferenciado. Tem um projeto chinês, de que curti muito assim como, em que um professor da capital, identificado como muito capaz, dava aulas interativas às vezes para 300 garotas espalhadas em vários lugares do estado. Ao mesmo tempo, montava o professor desta vila, que estava lá assistindo.


Sim, a videoaula não é uma tecnologia revolucionária - existe isto no Amazonas, inclusive -, contudo tivemos que usar essa relatividade pela votação: a tecnologia proposta resolve uma coisa que não estaria sendo resolvido se não existisse? Para mim, fica claro que tem solucionado um dificuldade real, que é o acesso a professores qualificados. Em razão de o prêmio também tem esse viés: toda criança e jovem do universo, independentemente do nação, da cultura e da língua que fala, tem certo à educação de qualidade. Como a gente faz a tecnologia trabalhar a favor desse direito?


Tentamos notabilizar políticas mais amplas de uso de tecnologia que foram incorporadas, de certa forma, pelo poder público - nacional, estadual ou local -, fazendo uma transformação sistêmica. BBC Brasil - Projetos brasileiros assim como concorreram? Dellagnelo - Sim, porém eles não ficaram entre os 25 finalistas. Acho que uma das razões é o caso de serem voltados a grupos muito específicos. Um era de educação ambiental que usava tecnologia, contudo estava muito pautado por visitas presenciais.


Um outro, de comprar seguidores reais de acessibilidade, focava na tecnologia destinado a pessoas com deficiência auditiva. BBC Brasil - Você foi jurada representando a América Latina. Qual a situação do Brasil no continente em termos de tecnologia educacional? http://www.social+media-opportunities.biz/search/?q=social+media - Tem países que estão melhores do que a gente por esse quesito, como Uruguai, Chile e Costa Rica. O Uruguai adotou o projeto Plan Ceibal, cujo lema é "um pc por aluno". É um nação superpequeno, de 3,5 milhões de habitantes, parece muito menos difícil fazer isso. Contudo esse mesmo projeto, que conta com cento e poucos funcionários, bem como cuida de toda a tecnologia educacional: compra, distribui e faz manutenção de pcs, além de capacitar professores e fazer parcerias.


A nação tinha, tais como, um vasto problema com professores de inglês na área rural. Nova Exchange Lança Tokens Com ICO um convênio com o Reino Unido e todas as aulas de inglês são dadas a partir de Londres, com o professor bem como ali, aprendendo. BBC Brasil - A experiência chilena é parecida? 5 Planilhas Pra Organizar A Sua Empresa - Lá houve um desenvolvimento contrário.


O centro de inovação em educação se chama Enlaces e era uma rede de universidades que fazia procura e experiências em tecnologia educacional. Depois de alguns anos, ele foi incorporado pelo Ministério da Educação como um departamento que só cuida disso. Pela Costa Rica, é uma fundação sem fins lucrativos que bem como recebe a atribuição do governo de cuidar de toda a tecnologia educacional, treinar os professores, adquirir pcs e tal. BBC Brasil - Onde o Brasil está pecando?


Acesse aqui mais conteúdo sobre este assunto referenciado website .
Tags: social media
(PRO)
No Soup for you

Don't be the product, buy the product!

close
YES, I want to SOUP ●UP for ...